• Desde longa data que, nos tumores sólidos, a biópsia tecidular é o exame de excelência para diagnóstico histológico e estudos imunoquímicos, genéticos e moleculares das diversas neoplasias. Tradicionalmente, as ferramentas anatómicas, patológicas e também as imagiológicas permitiram, em combinação, uma avaliação de cada tumor sólido e o seu estadiamento de acordo com a classificação clínica de Tumor, Nódulo e Metástase (TNM). Até à data, a maioria dos tratamentos em Oncologia são baseados nesse estadiamento e classificação. Acrescentar informação obtida através da Medicina Molecular é essencial para otimizar a terapêutica de cada doente e de cada tumor.

  • No próximo dia 26 de janeiro o Centro Cultural de Belém acolhe a Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia 2019. O My Oncologia conversou com o presidente do evento, Prof. Doutor Rui Tato Marinho, e com a Prof.ª Doutora Marília Cravo, membro da comissão organizadora, que explicam o foco da Reunião, o cancro digestivo.

  • A Oncologia Pediátrica do Centro Hospitalar de São João (CHSJ), em colaboração interinstitucional com o Instituto Português de Oncologia do Porto (IPO-Porto), é centro referência para a região Norte para toda a patologia oncológica, em crianças e jovens dos zero aos 18 anos. Em entrevista ao My Oncologia, a Dr.ª Maria do Bom-Sucesso, do CHSJ, explica as particularidades desta área.

PUB

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

BMSMerckMSDPfizerRocheTakeda Oncology