Entrevistas

“O IPO do Porto, enquanto centro de referência na patologia maligna cutânea, tem o dever de dar formação aos colegas mais novos, para que no país se adquira o mais elevado conhecimento deste tipo de doença”. Quem o afirmou foi a Dr.ª Matilde Ribeiro, membro da Comissão Organizadora da Semana Oncológica Tumores Cutâneos IPO Porto 2018, que teve lugar entre 3 e 7 de dezembro. Em entrevista ao My Oncologia, a especialista referiu a importância de garantir que o conhecimento é transmitido aos profissionais mais novos. Assista ao vídeo.

 

"Investigação Translacional em Oncologia – Colaborar para Evoluir" foi a temática de uma sessão plenária que decorreu no 15.º Congresso Nacional de Oncologia, com lugar entre 22 e 24 de novembro, em Coimbra. Em entrevista ao My Oncologia, o Prof. Doutor Lúcio Lara Santos, do Instituto Português de Oncologia do Porto, refere que em Portugal existem recursos laboratoriais e conhecimento, e a possibilidade de o aplicar no tratamento dos doentes. Assista ao vídeo.

O Dr. José Nunes Marques, do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, foi moderador de uma sessão sobre cancro génito-urinário, que decorreu durante o 15.º Congresso Nacional de Oncologia. Em entrevista, o especialista mostra-se muito satisfeito com o facto de no último ano se terem assistido a "progressos objetivos" no tratamento do cancro da próstata, carcinoma do urotélio e carcinoma de células renais. Assista ao vídeo da entrevista.

O Dr. Hélder Mansinho participou no 15.º Congresso Nacional de Oncologia enquanto moderador de uma sessão sobre cancro digestivo. Ao My Oncologia, o membro da comissão científica da reunião destaca as duas principais questões analisadas. Assista ao vídeo da entrevista.

terça, 27 novembro 2018 16:47

Atuais desafios da Imuno-Oncologia

Entre os variadíssimos assuntos abordados no 15.º Congresso Nacional de Oncologia, os profissionais de saúde analisaram "os grandes desafios atuais da Imuno-Oncologia". Quem o explica é o vice-presidente do Instituto de Medicina Molecular, Prof. Doutor Bruno Silva Santos, que abordou esses mesmos desafios ao My Oncologia, após algumas "conquistas notáveis assinaladas nos últimos anos". Assista ao vídeo da entrevista.

No Congresso da European Society of Medical Oncology (ESMO) deste ano, foram apresentadas algumas novidades quanto ao tratamento do cancro de cabeça e pescoço, nomeadamente a introdução da imunoterapia para tratamento de 1.ª linha. Em entrevista ao My Oncologia, a Dr.ª Leonor Ribeiro, oncologista médica no Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte – Hospital de Santa Maria (CHULN/HSM), explica de que forma tem evoluído a terapêutica desta doença oncológica, reforçando ainda a necessidade de prevenção e diagnóstico precoce deste tipo de cancro.

Pág. 2 de 29

PUB

Planning

Onco Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

BMSMerckMSDPfizerRocheTakeda Oncology