sábado, 13 outubro 2018 09:01

Base de dados das unidades da mama vai permitir integração automática da informação no RON

No dia 12 de outubro, durante o X Congresso Nacional de Senologia, foi assinado um protocolo relativo à base de dados destinada às unidades de mama, lançada pela Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS). Em entrevista ao My Oncologia, um dos intervenientes diretos desta ação, e secretário-geral da direção da Sociedade, Dr. Paulo Cortes, explica de que forma se vai desenrolar o procedimento, fruto de um trabalho desenvolvido desde 2016. Assista ao vídeo da entrevista.

Em termos práticos, este protocolo permite que a SPS adquira "a licença para 20 unidades de mama", ativadas de forma faseada. Neste sentido, a Sociedade irá fornecer de forma gratuita o sistema de software de integração dos dados clínicos.

Numa fase inicial, a aplicação estará presente em cada uma das unidades, sendo os dados tratados a nível local. Em breve, prevê-se discutir em conjunto a possibilidade de se partilhar os dados com projetos integradores.

Para o também presidente da Sociedade Portuguesa de Oncologia, esta aquisição irá permitir a exportação de dados para a European Society of Breast Cancer Specialists, no caso de existir interesse de submissão de um processo de acreditação, como também "uma integração automática dos dados no Registo Nacional Oncológico".

Vídeo

PUB

Planning

Onco Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

BMSMerckMSDPfizerRocheTakeda Oncology