segunda, 15 outubro 2018 10:48

Portuguesa nomeada para a direção da maior organização mundial de luta contra o cancro

Pela primeira vez, uma portuguesa vai fazer parte da direção da Union for International Cancer Control (UICC), a maior organização mundial de luta contra o cancro. A Dr.ª Cristiana Fonseca, psicóloga e coordenadora do Departamento de Educação para a Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), foi selecionada entre uma centena de candidatos, durante o Congresso Mundial do Cancro, que decorreu no início do mês em Kuala Lumpur, Malásia. O My Oncologia conversou com a especialista, que frisa que esta nomeação traduz “o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela LPCC em Portugal e da pertinência do seu contributo a nível europeu e mundial”.

My Oncologia (MO) |Foi eleita para a direção da Union for International Cancer Control (UICC), de entre de mais de uma centena de candidatos. O que representa esta nomeação?

Dr.ª Cristiana Fonseca (CF) | Tendo em conta que esta é uma nomeação para um organismo mundial, representa, acima de tudo, um grande orgulho por poder representar Portugal e a Europa. Representa igualmente o reconhecimento do trabalho desenvolvido e um lembrete para o facto de, apesar de sermos um país pequeno, fazermos muito na luta contra o cancro e em prol do doente oncológico, o que nem sempre percebemos, pois falta-nos a visão mais global do que se faz além-fronteiras.

MO | Que funções vai desempenhar na UICC?

CF | Neste momento ainda não tenho essa informação, pois a primeira reunião efetiva da direção será em janeiro de 2019 e só nessa altura haverá atribuição de tarefas. De um ponto de vista geral, a UICC, e consequentemente a sua direção, tem como missão unir a comunidade global na luta contra o cancro, promovendo uma maior equidade e integrando o controlo do cancro na agenda da saúde e do desenvolvimento a nível mundial.

MO | Este reconhecimento institucional reforça a LPCC como uma entidade prestigiada e de referência na luta contra o cancro? Em que áreas a Liga tem procurado apostar nos últimos tempos? 

CF | Claro que sim. É o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela LPCC em Portugal e da pertinência do seu contributo a nível europeu e mundial. A Liga continua a trabalhar naquela que é a sua missão principal, o apoio ao doente oncológico, procurando responder a todas as suas necessidades, desde o apoio social, ao jurídico ou ao apoio psicológico. Para além de todas as atividades já desenvolvidas ao nível da prevenção primária (nomeadamente os projetos de educação para a saúde nas escolas ou a oferta formativa para profissionais de saúde e público em geral) e secundária (programa nacional de rastreio de cancro da mama), a Liga continua a trabalhar no sentido de proporcionar apoio em termos de cuidados continuados e paliativos, estando igualmente neste momento a apostar em termos de reabilitação do doente oncológico.

MO | A LPCC recebeu também o Prémio Internacional World Cancer Day Spirit Award, atribuído pela UICC. Portugal fazia parte de um grupo de quatro finalistas que tinham sido selecionados de um grupo de mais de 200 países. O que representa este galardão? 

CF | A LPCC tem investido muito nas comemorações do Dia Mundial do Cancro, tentando fomentar uma maior consciencialização da população relativamente à doença oncológica. Ao longo dos últimos três anos, no âmbito da proposta efetuada pela UICC subordinada ao tema "We Can. I Can", muitas foram as atividades desenvolvidas com apoio de centenas de parcerias. Desde 2017 que a LPCC faz parte do Advisory Board do Dia Mundial do Cancro o que, em si, já constituiu um reconhecimento. O galardão ter sido atribuído é, obviamente, motivo de orgulho, mas é importante referir que um dos fatores realçados para esta distinção foi o trabalho desenvolvido pela LPCC em articulação com os mass-media.

PUB

Planning

Onco Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

BMSMerckMSDPfizerRocheTakeda Oncology