Investigação

Uma equipa de investigadores do Hospital Universitário de Mannheim, Alemanha, investigou, ao longo de quatro meses (1 de janeiro a 30 de abril de 2018), tipos e modos de utilização de terapias não convencionais em 152 doentes em ambulatório com sarcoma, tumor de estroma gastrointestinal (GIST) e tumores desmóides, que estavam a receber tratamento num centro de sarcoma. O estudo, que vai ser apresentado no Congresso da European Society of Medical Oncology (ESMO 2018), concluiu que os doentes com sarcoma apresentam uma grande abertura ao uso de medicamentos alternativos complementares (CAMs) para cuidados de suporte, mas estão mal informados sobre questões de segurança e risco de interações com fármacos anticancerígenos.

A OncoDNA, empresa especializada em Medicina de precisão para o tratamento e diagnóstico do cancro, participou no congresso anual da Sociedade Espanhola de Oncologia Médica (SEOM18), onde apresentou um poster com os resultados preliminares do projeto de investigação realizado com o produto molecular OncoDEEP CUP, com o objetivo de criar um novo protocolo e diretrizes de desempenho para a teranóstica (diagnóstico e tratamento) de doentes com cancro avançado de origem desconhecida, através da caraterização genómica dos tumores.

Uma recente revisão de comunidades doente-cuidador focadas no cancro do pulmão de não-pequenas células (CPNPC) com alterações genómicas mostra que este grupo de doentes está a melhorar os seus outcomes, através do apoio aos doentes e cuidadores, do aumento de consciencialização e educação e da aceleração da investigação. Os resultados da revisão foram apresentados a 23 de setembro na 19th World Conference on Lung Cancer (WCLC 2018) em Toronto, Canada. pela Dr.ª Janet Freeman-Daily, cofundadora da comunidade The Ros1ders, pelo Prof. Doutor Robert C. Doebele, da divisão da Oncologia Médica da Universidade do Colorado, e pela Prof.ª Doutora Christine M. Lovly, da Escola de Medicina da Universidade de Vanderbilt.

A MSD anunciou recentemente que a Comissão Europeia (CE) aprovou pembrolizumab em combinação com pemetrexedo e quimioterapia contendo platina (cisplatina ou carboplatina) para o tratamento de primeira linha do cancro do pulmão de células não-pequenas (CPCNP), não-escamoso, metastático em adultos cujos tumores não expressem mutações EGFR ou ALK.

Uma equipa de urologistas descobriu que o uso de biomarcadores (miRNA) permite evitar cirurgias agressivas que, até hoje, eram realizadas sem hipótese de diagnóstico prévio em doentes com tumores do testículo metastizado. O trabalho foi premiado no Congresso da Associação Americana de Urologia e publicado no Journal of Urology.

O Prof. Doutor Le Thoung Vu ministrou mais uma master class integrada no webinar internacional da OncoDNA, desta vez sobre as “Implicações da imunoterapia no cancro do pulmão”. O pneumologista especializado em Oncologia debateu os beneficios oferecidos pela imunoterapia e imunogramas na luta contra o cancro do pulmão, principalmente em estadios avançados, devido ao seu caráter personalizado.

Pág. 1 de 30

PUB

Planning

Onco Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

BMSMerckMSDPfizerRocheTakeda Oncology