Sistema de Saúde

O medicamento DCI – Cobimetinib, indicado para utilização em combinação com o vemurafenib para o tratamento de doentes adultos com melanoma irressecável ou metastático com uma mutação BRAF V600, obteve autorização para ser utilizado em meio hospitalar.

Os grupos parlamentares do PSD, PS e CDS-PP uniram-se no compromisso de adoção dos oito compromissos elaborados e partilhados pela Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO), no âmbito da sessão “Cancro da mama – Pensar o presente, construir o futuro”, que decorreu na Assembleia da República, no passado dia 12 de dezembro.

Os Laboratórios Pierre Fabre anunciaram recentemente que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) validou a revisão dos pedidos de Autorização de Introdução no Mercado (AIM) para a utilização da combinação de binimetinib 45 mg duas vezes por dia com encorafenib 450 mg uma vez por dia (COMBO450) para o tratamento de doentes com melanoma avançado, irressecável ou metastático, com mutação BRAF.

 A apresentação do Relatório do Programa Nacional para as Doenças Oncológicas relativo a 2017 decorreu na passada quinta-feira, dia 21 de setembro, no Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP). De entre os principais resultados, destaca-se o aumento dos programas de rastreio oncológico em Portugal.

A Comissão Europeia acaba de aprovar o pembrolizumab, a terapêutica anti-PD-1 da MSD, para o tratamento de determinados doentes com carcinoma urotelial metastático ou localmente avançado, um tipo de cancro da bexiga.

A Assembleia da República publicou, recentemente, a lei que decreta a criação do Registo Oncológico Nacional (RON). A plataforma entrará em vigor dia 1 de janeiro de 2018, agregando os dados de todos os doentes com cancro.

Pág. 1 de 8

PUB

Planning

Onco Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

astellasBMSMerckMSDPfizerRoche