Newsletter

Atualidade

Instantes fotográficos: reveja as XII Perspectivas em Oncologia
20 Fev. 2024
Durante três dias, o hotel Sheraton Porto foi o epicentro do saber e do avanço científico e médico na área da Oncologia, como já é habitual. Como em todas as edições, as Perspectivas em Oncologia, organizado pelo Serviço de Cardiologia da ULS de São João, reúne as principais figuras da ...
José Luís Passos Coelho é o novo presidente da SPO
19 Fev. 2024

A nova direção da Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO) tomou posse a 12 de fevereiro, presidida por José Luís Passos Coelho, que exercerá atividade durante o biénio 2024-2025.

DGS quer centralizar rastreio do cancro do colo do útero para aumentar cobertura
19 Fev. 2024

O diretor do Programa Nacional para as Doenças Oncológicas, José Dinis, defende a centralização do processo de chamada dos utentes para o rastreio do cancro do colo do útero, retirando-o dos médicos de família, para aumentar a cobertura.

Entrevistas

As verdades e os mitos no tratamento dos doentes com CPmHS
Sara Meireles e Mário Fontes-Sousa

“Polígrafo: as verdades (e mitos) no tratamento dos doentes com cancro da próstata metastático hormonossensível (CPmHS)” foi o tema do simpósio satélite, promovido pela Bayer, nas XII Perspectivas em Oncologia, que reuniu Mário Fontes-Sousa, oncologista no Hospital CUF Tejo, e Sara Meireles, oncologista na ULS de São João, para um formato “inovador, original e interativo com a audiência”. Esta sessão pretendeu “desmistificar algumas ideias” relativamente ao tratamento desta patologia, bem como “compreender a prática clínica diária de diferentes colegas e a realidade da terapêutica destes doentes”.  Veja as entrevistas.

Estudo IMbrella A reporta uma taxa de SG de 12 % ao final de cinco anos em doentes com CPPC-DE tratados com atezolizumab
Ana Barroso

De acordo com os resultados do IMbrella A1 – um estudo de extensão, do ensaio IMpower 133, que foi apresentado sob a forma de comunicação oral durante o IASLC World Conference on Lung Cancer (WCLC) 2023, que decorreu de 9 a 12 de setembro em Singapura – os doentes que receberam tratamento de primeira linha com atezolizumab, em combinação com carboplatina e etoposido (A+CE), tiveram uma taxa de sobrevivência global aos cinco anos de 12 %. Convidada a comentar estes dados, Ana Barroso, que é pneumologista e coordenadora da Unidade Multidisciplinar de Tumores Torácicos (UMTT) do Centro Hospitalar Vila Nova Gaia/Espinho (CHVNG/E), considera que o IMbrella A “valida os dados de sobrevivência a longo prazo”, após tratamento com atezolizumab.

Cancro da mama metastático e sacituzumab govitecano: Qual o best of de 2023?
Matilde Salgado e Carolina Carvalho

Durante o simpósio satélite, promovido pela Gilead, as especialistas Matilde Salgado, da ULS de Matosinhos, e Carolina Carvalho, da ULS do Alto Ave, reuniram-se para debater o papel do sacituzumab govitecano no cancro da mama metastático HR+/HER2 e a evidência de vida real em cancro da mama triplo negativo, respetivamente. Sob a moderação de Miguel Barbosa, o simpósio decorreu nas XII Perspectivas em Oncologia. Veja as entrevistas das especialistas.

Apoio

AstrazenecaBayerBMSGSKJohnson & Johnson Innovative MedicineLillyMerck

 

MSDNovartisRocheSanofiTecnimede

 

MSD | AstraZenecaViatris